Fonte: Política Dinâmica / Data: 31/05/2015

Link: http://www.politicadinamica.com/noticias/politica/piaui-se-tornara-autossuficiente-com-eolica-1585.html

O potencial dos ventos do Piauí tem ganhado o mundo, destacando o Estado como sendo um polo de desenvolvimento na área de energia eólica, isso colocará muito em breve o Piauí como um dos primeiros estados da Federação a ter 100% da sua energia consumida proveniente de fonte renovável, uma vez que a Usina Eólica piauiense estará nos próximos meses, produzindo mais energia do que o estado consome, segundo estimativas do próprio governador, Wellington Dias (PT).

O Complexo Eólico Chapada do Araripe, nos municípios de Simões e Marcolândia, gerido pela Casa dos Ventos, é considerado um dos maiores do Brasil. O parque eólico conta com investimentos de R$ 7,1 bilhões, iniciados em julho de 2014 e que vão até dezembro de 2017, e capacidade instalada na ordem de 1,4 gigawatt (GW) de energia.

Com isso, o Piauí passa a produzir 181% da energia que foi consumida no ano de 2013 e poderá ser exportador de energia, tão logo as obras do parque forem finalizadas. No Piauí, a Casa dos Ventos tem hoje 4,9 GW em projetos, o que representa 87% do potencial competitivo do Estado.

Em operação, o Estado caminha em parceria com a Omega, que possui 70MW de capacidade instalada no parque de Delta do Parnaíba, cuja energia foi comercializada no leilão A-3 de 2011, entrando em operação no ano de 2014.

Outra fonte de energia que vem recebendo grandes investimentos na região é a solar fotovoltaica. Com irradiação solar de 2.093 kWh/m2/ano, Teresina possui condições técnicas favoráveis para produção de energia elétrica a partir do sol.